Sunday, February 26, 2012

POPÓFE - Desafio Daring Bakers - Fevereiro 2012

27 Fev 2012

Read in ENGLISH


Você já ouviu falar em Popófe? Se procurar no dicionário, não vai achar. Já tentei perguntar ao Sr. Google se ele conhece, mas nem ele! O Popófe faz parte de doces lembranças da minha infância. Minha mãe frequentemente nos "mimava" com essa delícia. Trata-se de um bolinho parecido com um pãozinho, que cresce muito enquanto assa mas a receita não contém fermento, é bem neutro, e pode ser saboreado tanto com recheios doces quanto salgados. Na minha infância, comíamos lambuzado de Karo. Lembro até que minha mãe nos dava guardanapos de pano umedecidos, tamanha a "melecação" rsrs


O popófe ficou tão marcado nas nossas vidas, que mesmo depois de muuuitos anos, quando pergunto para minha mãe ou minhas irmãs se elas lembram, todas são unânimes em dizer, "Claro! Aquela receita que estava escrita num papel de caderno e que começava com 7/8 de xícara de alguma coisa..." É isso mesmo! O primeiro ingrediente da receita era 7/8 de xícara, não me lembrava se de leite ou de farinha, medida pouco convencional para uma receita.


Hoje, muitos anos depois, com a globalização, a internet para nos informar de tudo que ocorre ao redor do mundo, e com a minha curiosidade gastronômica, comecei a desconfiar que o "Popófe" da minha infância na verdade era o Popover! Pelo menos o nome era parecido e a aparência também. Só pude concluir que este nome foi "abrasileirado" pela amiga da minha mãe, que deve ter aprendido a fazê-lo na ocasião em que morou nos Estados Unidos e que, por uma questão de sotaque, virou "Popófe".


Eu não sou de guardar papéis (adoro essa era da informática, que em breve vai abolir todo tipo de papel), pois sou alérgica e papel guardado pra mim é sinônimo de crise de espirros. Mas, a minha irmã adora guardar essas "relíquias" e de vez em quando aparece com umas pérolas. Eu tinha certeza de que ela ainda teria esta receita guardada. Não é o papel original da minha mãe, mas foi o que ela copiou há muitos anos atrás :o) A receita é quase a mesma que fiz aqui. Ah... os 7/8 de xícara era de leite! E acabei de achar no Google, várias receitas com esta medida! Bingo! Agora posso ter a certeza de que Popófe = Popover !!!

Foto gentilmente cedida pela minha irmã....atchin!!!


Bom, saudosismos à parte, esse mês o desafio dos Daring Bakers foi "Quick Breads", traduzindo, Pães Rápidos". Só que para nós brasileiros, nada se parecem com pães, são massas de bolo que são geralmente assadas em forma de pão de fôrma. Por exemplo, na culinária americana, temos o famoso "Banana Bread" que até bem pouco tempo eu pensava que era um pão de banana, mas ao ver inúmeras receitas, vi que o pão estava só no nome, na verdade, nada mais é do que um bolo de banana assado em fôrma de pão. Foi bom então este desafio, pois pudemos (eu e mais tantos outros participantes) tirar a dúvida que pudesse ainda haver a respeito da verdadeira identidade dos Quick Breads.


Nas diretrizes do desafio, onde foi postada a definição de Quick Breads, foram incluídas como exemplos desta categoria os muffins, os biscuits (scones)popovers e todos os tipos de bolos (chamados por eles de pães), doces ou salgados, feitos em forma de pão de fôrma. Esses "pães" surgiram na ocasião do advento do fermento químico em pó, que permitiu a confecção de iguarias que não precisassem de sovas nem de tempo de fermentação.

É claro que os Popovers saltaram aos meus olhos na mesma hora, já que não era de hoje que eu queria experimentá-los para confirmar a minha teoria de que realmente se tratava do Popófe. Pois veio a confirmação. A aparência, o sabor e a textura me remeteram instantaneamente à minha infância! Que sensação deliciosa!

E para não ficar somente com uma versão de Quick Bread para o desafio, fiz também o bolo de tangerina que já apareceu aqui no blog, porém no formato de pão de fôrma que, teoricamente, agora também pode ser chamado de Tangerine Bread :o)


Ainda deu tempo de fazer mais um Quick Bread de banana, mas não deu tempo de escrever a respeito. A receita será postada em breve aqui :o)




Agora, vamos ao que interessa, que é a receita dos Popovers. Mas antes, algumas observações:

  • a massa do Popover parece com uma massa de crepe.
  • embora não leve fermento, cresce bastante, ficando bem aerada ou com grandes bolhas por dentro.
  • existem fôrmas próprias para Popovers que são mais altas do que as de muffins e acredito que este formato ajude a produzir o efeito característico desse pãozinho. Porém, o improviso aqui não é muito difícil. Eu usei canequinhas de chá de cerâmica. Use sua criatividade mas certifique-se que seu recipiente seja adequado para ir ao forno em alta temperatura!
  • Uma forma própria para Popovers é assim:

POPOVERS (Popófe para os íntimos...)
(receita adaptada do blog Second Floor Walkup)

Rende 6 unidades


1 xíc. de farinha de trigo
1 xíc. de leite
1 colh. de sopa de manteiga derretida + um pouco para untar as forminhas
2 ovos
1/2 colh. de chá de sal
1 colh. de chá de açúcar

Ligue o forno a 220°C (425°F).

Unte as forminhas e coloque uma pelotinha de manteiga no fundo de cada uma. Coloque as forminhas em um tabuleiro e coloque dentro do forno quando ligá-lo para pré-aquecer junto.


Coloque todos os ingredientes em uma tigela e misture bem com um batedor de arame (fouet), até que fique bem homogêneo.

Retire o tabuleiro com as forminhas de dentro do forno e encha as forminhas com massa até a metade.

Asse a 220°C (425°F) nos primeiros 15 minutos, depois reduza a temperatura para 180°C (350°F) e asse por mais uns 20 minutos, até estarem corados. Não abra a porta do forno durante o cozimento.

Ao colocar no forno:


10 min. depois:


15 minutos depois:


20 minutos depois:



Para ver as criações dos outros participantes, visite THE DARING KITCHEN onde você poderá, também, encontrar as receitas e diretrizes originais deste dasafio.

23 comments:

  1. NÃO CONHECIA ESSA RECEITA, MAS GOSTEI DO ASPECTO DELES E ADOREI VER A FOLHA DA RECEITA ,TAMBÉM GUARDO MUITAS RECEITAS ASSIM ANTIGAS.
    BOM DOMINGO
    BJS

    ReplyDelete
  2. Vivendo e aprendendo querida Renata, adorei seu relato, são lembranças gostosas que trazemos para sempre em nossas memórias. E que beleza de pãozinho que dispensa o fermento e consegue ficar tão lindo e crescido. Amei a receita. Bjos ótimo finalzinho de domingo

    ReplyDelete
  3. Que interessante Renata... adorei seu post inteirinho.E por falar em bolo de tangerina ele já está na minha lista faz tempo, qualquer hora sai porque tô louca pra experimentar esse bolo tão fofo. Quanto ao popófe, eu não conhecia e fiquei apaixonada, fica bonitinho demais e deve ser bem gostoso com uma boa meleca... beijkas

    ReplyDelete
  4. Não conhecia, adorei a postagem a relinquia da receita.

    ReplyDelete
  5. Beautiful pic, Renata!!
    LOL

    ReplyDelete
  6. Fantastic effort as always Renata! Love all your props as well. I love old recipes too - currently perusing my gran's recipe book and I have to be careful it doesn't literally fall apart in my hands lol :)

    ReplyDelete
  7. I just fell in love with your blog!!! And your pictures! Lovely ideas!

    ReplyDelete
  8. I love the loaf pan :-) And of course both quickbreads and popovers looks yummy.

    ReplyDelete
  9. Adorei o post! Super saudoso e 100% família!
    Além de excelente resultado do Popófes!

    ReplyDelete
  10. j'adore tes superbes réalisation!! je dois absolument tester tes Popófe bientôt! merci pour tous les détails et étapes! bises!

    ReplyDelete
  11. Oh, my, which to eat first??? Such a hard decision as your popovers and breads all look amazing!

    ReplyDelete
  12. Renata,
    Eu já tinha ficado encantada com os teus PopOvers... e estava desejosa de ver a receita. Adorei a explicação e as forminhas usadas :D
    Adorei também o quick bread de banana e como já tinha dito tenho imensa pena, mas em Portugal é praticamente impossível encontrar nozes Pecan. Apenas temos as nozes normais (Walnuts), mas supondo que dará para substituir.
    Parabéns pela participação :D

    ReplyDelete
  13. I love your photography, everything looks so yummy!!!

    ReplyDelete
  14. Oi, Re,

    De cara em já pensei: este bolinho deve ser 'irmão' dos popovers, rsrs. Depois vi que tinha razão, rsrs. Eu sempre achei que as massas dos popovers, crepes, waffles e panquecas são muito parecidas, mudando só uma coisinha ou outra, né? Os seus ficaram lindos e aerados. Adorei também os outros pães, bem como os utensílios usados.

    Beijoca!

    ReplyDelete
  15. Beautifully done, Renata! Your photos are making me quite hungry. :D

    ReplyDelete
  16. Popofes....fiquei curiosíssima pra saber o que eram...kkkk!!!que lindinhos...rsss

    Quero fazer para as minhas "crianças", e quero também chamá-los de popofes, adorei!

    Mudando de assunto, quero dizer que a beleza das suas cerâmicas sempre me fascina, parabéns por tudo, adorei este post!

    ReplyDelete
  17. Tudo lindo e delicioso, sou fã do popover, tão simples e tão bom, mas popofe me conquistou!rs...
    O que é esse bolo de tangerina? já anotei a receita, imperdível!!
    Suas cerâmicas são realmente um luxo!
    bj e boa semana...

    ReplyDelete
  18. Love your pop over cups Renata and the pop overs are perfect! Your bread turned out great too.

    ReplyDelete
  19. Tia, adorei ler este post, ta cheio de amor! E eu adooooro aqueles cadernos de receita, tipo essa folhinha da sua irmã que fica suja de ovo e farinha ao longo dos anos. Alias, pra mim, receita boa vai pro caderno e com o nome de quem deu a dica (no meu caderno tem muitas receitas com um "tia Renata" do lado...rsrs
    Gostei muito dos popófes!
    bjosssss

    ReplyDelete
  20. Oi Rê!
    Quanto tempo não proseamos, hein?!
    Adorei seu momento nostalgia... suas doces lembranças.
    Confesso que preferi popófe... rs.. parece doce mineiro =)
    Saudades querida!
    Um bejim grande, viu?!

    PS: No seu link para continuar lendo, está escrito "cotinue" =)

    ReplyDelete
  21. OLA, ESSES 7/8 DE XICARA DE LEITE, CORRESPONDE A QUANTO EM ML?? ABS

    ReplyDelete

Devido ao grande número de mensagens de "spam", Testado, Provado & Aprovado não aceita mais comentários anônimos. Desculpem o transtorno.

Due to the large number of spam messages, Testado, Provado & Aprovado no longer accepts anonymous comments. Sorry for the inconvenience.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...