Sunday

FRIGIDEIRA DE FERRO FUNDIDO - Uma joia bruta na cozinha!

25 Mar 2018


Frigideiras e panelas de ferro, mais antigas do que posso me recordar, estão voltando às cozinhas com força total. Algumas muito sofisticadas e caras e outras bem mais rústicas e baratas. Todas entregam excelentes resultados! Vou contar um pouco da minha experiência com elas.

Já tem alguns anos que uso alguns tipos de panelas e frigideiras de ferro fundido. Apesar de serem um pouco mais pesadas, elas tem algumas vantagens em relação às outras. Elas tem um poder de reter calor superior e douram alimentos como nenhuma outra!

Na minha cozinha tenho panelas com interior esmaltado, também uma grelha mais sofisticada com tratamento anti-ferrugem, e frigideiras mais rústicas. Cada uma tem suas peculiaridades mas devo confessar que as que "moram" em cima do meu fogão são essas mais rústicas (da foto acima). Este post vai dedicado à elas mas vou falar brevemente das outras primeiro.


PANELAS COM REVESTIMENTO ESMALTADO


Estas panelas tem o mesmo poder de dourar com eficiência, mas o revestimento interno esmaltado não é anti-aderente. O esmalte protege contra ferrugem mas vai escurecer e manchar com o tempo, embora continue funcionando muito bem. Esta característica de grudar um pouco os alimentos é especialmente útil para criar um molho superior para uma carne assada, por exemplo. Outra vantagem é de poder ir ao forno (cuidando somente de se certificar que o puxador da tampa seja, também, resistente ao calor)

GRELHA COM TRATAMENTO ANTI-FERRUGEM


Por ser mais sofisticada, de marca renomada (bem mais cara) tem uma aparência muito linda. É igualmente eficiente e não requer muitos cuidados para que não enferruje.

FRIGIDEIRAS RÚSTICAS


Bem, chegamos no assunto principal deste post. Sem desmerecer as duas versões citadas anteriormente, que tem suas funções específicas, estas frigideiras rústicas trabalham quase diariamente na minha cozinha e por isso "moram" em cima do meu fogão. Tenho 3 tamanhos mas a menorzinha (do lado direito na foto) estava esquecida no fundo de um armário, ainda com a cor acinzentada que ela tem antes de ser "curada" para uso. Estava até meio enferrujadinha. Sendo assim, pude comparar com as duas outras que uso com frequência que, além de já estarem completamente pretas, já desenvolveram uma camada anti-aderente naturalmente, somente com o uso frequente.

Essas frigideiras de ferro fundido, assim como as mais antigas, são rústicas e desprovidas de tecnologias que as protejam da ferrugem e que as embelezem com revestimentos brilhantes e coloridos e até mesmo anti-aderentes! Por esse motivo, nossas avós e bisavós eram "experts" em deixá-las bem lubrificadas a fim de protegê-las. Para isso, bastam alguns minutos extras a cada uso e essas belezinhas vão te retribuir com pratos deliciosos que fazem toda a diferença! Como bônus, a sua frigideira vai ficando cada vez mais anti-aderente! Assim você não vai mais precisar trocar de frigideira todo ano! Sustentável, viu só?

A CURA

Ao comprar uma frigideira destas, bem rústica, antes do primeiro uso é necessário "curá-la". Deve-se sempre seguir as instruções do fabricante da sua panela! Eu fiz isso na ocasião da compra há vários anos atras.

Acontece, que como mencionei no início, uma das frigideiras do conjunto acabou esquecida e sem uso. Mesmo que você reencontre sua frigideira enferrujada, ela é totalmente recuperável! Foi o que fiz. 

Lavei a frigideira usando uma esponja grossa a fim de retirar qualquer vestígio de ferrugem.

Sequei-a bem e levei ao fogo médio. 


Quando estava bem quente, peguei um pouco de banha e passei na frigideira toda com o auxílio de uma bolinha de papel toalha amassada e uma pinça. Besuntei a frigideira toda, por dentro e por fora e deixei no fogo até sair fumaça. Ela já começou a escurecer um pouco. Com o tempo, vai ficar igual as outras.... pretinha!

Esse processo deve ser repetido após cada uso, depois de lavar e antes de guardar sua frigideira. Esta etapa vai protegê-la da ferrugem e torná-la cada vez mais anti-aderente!

MANUTENÇÃO

Evitar deixar a frigideira de molho. Depois que ela estiver bem curada com o uso, o molho, de vez em quando, não vai danificá-la, nem prejudicar suas propriedades anti-aderentes (experiência própria)

Evitar o uso de esponja de aço ou outras muito abrasivas. Se houver alimentos grudados, ferva um pouco de água na frigideira antes de lavar.

Ao contrário da maioria das diretrizes relativas à manutenção destas frigideiras, eu uso um pouco de sabão neutro para lavá-las. Não tive nenhum problema até agora.

Depois de lavada, leve a frigideira no fogo médio até secar completamente e começar a gerar um pouco de fumaça. Passe um pouco de gordura (eu uso banha) com o auxílio de um papel toalha e uma pinça (como na cura inicial) e deixe no fogo mais um minutinho. O objetivo aqui é de queimar aquela gordura, que vai se transformar em uma camada cada vez mais anti-aderente. Não se preocupe, esta camada "queimada" não vai sair no seu alimento. Deixe a frigideira esfriar e pode guardar ou reutilizar.

Você pode usar qualquer tipo de gordura para esse fim. No entanto, ao longo do tempo, percebi que usar óleo deixa a peça meio pegajosa. Isso não acontece com a banha. 

DICAS

Sempre que usar essa frigideira, é de suma importância que ela seja pré-aquecida. Isso vai evitar que os alimentos grudem. 

Sempre unte a frigideira antes de colocar o alimento. Lembre-se que no tempo dos nosso avós e bisavós, as pessoas cozinhavam com gorduras naturais como manteiga, banha, azeite e gordura de coco!

PRÓS

O ferro não é um material tóxico para o preparo de alimentos.

Os alimentos douram com mais eficiência.

Pode ser levada ao forno (e até mesmo para a churrasqueira!) para preparo ou finalização de receitas, desde que o cabo seja, também, de ferro ou de outro material resistente ao calor do forno.

Elas são duráveis. Bem cuidadas (mas sem frescuras, ok?) vão servir por uma vida inteira e ainda poder passar para outras gerações! Quanto mais usadas, melhor ficam!

Quanto mais pretas ficam, mais curadas e anti-aderentes vão ficando, dispensando o esfrega-esfrega para tirar manchas de escorridos. Viu? Por um lado parece dar mais trabalho, mas por outro as coisas acabam se simplificando.

CONTRAS

São um pouco mais pesadas, portanto se você tem alguma limitação para pegar peso, elas não são as melhores opções.

Se guardadas por muito tempo sem uso, podem apresentar ferrugem. Isso não significa, no entanto, que ela esteja estragada. Basta lavar com esponja grossa ou de aço até sair toda a ferrugem e repetir o processo de cura. É impressionante a capacidade de recuperação!

Bem.... fiquei aqui por vários minutos pensando em mais itens para o tópico "contras" mas, sinceramente, não encontrei. Adoro essas frigideiras!



No comments:

Post a Comment

Devido ao grande número de mensagens de "spam", Testado, Provado & Aprovado não aceita mais comentários anônimos. Desculpem o transtorno.

Due to the large number of spam messages, Testado, Provado & Aprovado no longer accepts anonymous comments. Sorry for the inconvenience.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...