Monday, September 26, 2011

CROISSANTS, Passo a Passo - Desafio Daring Bakers - Setembro / 2011

27 Set 2011

Read in ENGLISH




Existe coisa mais parisiense do que Croissants? Quando feitos em casa, você ainda desfruta do aroma amanteigado que invade a casa enquanto assam... e pode ter o prazer de degustá-los ainda quentinhos, crocantes, macios, derretendo na boca.... ficou com vontade? Então experimenta fazer, nem se pode comparar com os comprados prontos. 


Esse foi nosso desafio de setembro do Daring Bakers. Nossa anfitriã foi a Sarah que, embora não tenha um blog, faz parte do grupo. Ela usou a receita da "Rainha da Culinária Francesa", Julia Child.


Fiz uma pequena adaptação na receita, que resultou em um dos melhores croissants que já fiz e já comi. Ficou levíssimo, desmanchando na boca, amanteigado na medida certa, e bem folhado por dentro.


A receita leva poucos ingredientes, e é demorada se considerarmos a hora que começamos a fazer até a hora que podemos degustar, mas o tempo gasto com a mão na massa propriamente dita, não é grande. Portanto, ocupe-se durante os intervalos de espera para que a ansiedade não te deixe impaciente. Como os descansos são feitos na geladeira, você poderá interromper o processo e continuar no dia seguinte em qualquer etapa, bastando deixar a massa fora da geladeira por uns 10 minutos antes de trabalhá-la novamente. 


A seguir, a receita passo a passo, tim tim por tim tim. Desculpe, parte deste passo a passo teve que ser desenhado, pois não consegui fotografar. Poupei minha camera de farinhas e manteigas. Espero que os desenhos tenham ficado claros :o)

Meus agradecimentos à Sarah pelo delicioso desafio, adorei fazer estes croissants! Para conferir o resultado dos outros participantes, visite THE DARING KITCHEN onde você vai encontrar, também, a receita original e as diretrizes para este desafio. 


CROISSANTS
(Adaptado de "Mastering the Art of French Cooking", por Julia Child e Simone Beck)

4g de fermento biológico seco (1¼ de colh. de chá)
3 colh. de sopa (45ml) de água morna (não deve estar acima de 38°C)
1 colh. de chá de açúcar

Misture a água morna, o açúcar e o fermento em uma vasilha pequena e deixe descansar uns 5 minutos até ficar espumoso. Enquanto isso, meça os outros ingredientes:

1¾ xíc. de farinha de trigo (usei farinha especial para pão)
2 colh. de chá de açúcar
1 colh. de chá de sal
½ xíc. de leite
115g de manteiga sem sal, gelada
1 ovo para pincelar

Amorne o leite (não acima de 38°C) e dissolva nele o sal e o restante do açúcar.

Numa tigela, coloque 1 xícara da farinha e junte a mistura de fermento e o leite reservados. 

Misture com uma colher de pau até incorporar bem. 

Junte mais farinha, aos poucos, até que fique difícil de misturar com a colher. 

Polvilhe farinha na mesa e despeje a massa. 

Trabalhe a massa, sovando e polvilhando farinha, até que não grude mais nas mãos. (A quantidade de farinha pode variar um pouco para mais ou para menos)

O resultado deve ser uma massa lisa, firme, e elástica. 

Coloque a massa de volta na tigela untada com um pouco de óleo, e vire a massa para que unte em toda sua volta.

Cubra com um plástico e deixe em temperatura ambiente até triplicar de volume (de 1 a 3 horas, dependendo da temperatura ambiente).

Polvilhe a mesa com farinha e deite a massa descansada. 

Abra a massa com o rolo, formando um retângulo de mais ou menos 20cm X 30cm.


Dobre em três como se estivesse dobrando uma carta, assim:


e assim:


Embrulhe a massa em um saco plástico (não muito apertado) e deite a massa em uma bandeja.

Leve à geladeira por 1½ horas ou até o dia seguinte, se preferir.


Prepare a manteiga:

Tire a manteiga da geladeira e bata nela com o rolo de massas, para que ela fique maleável, porém, permaneça gelada. Um croissant bem folhado é trabalhado com massa e manteiga gelados, sempre, durante a folhagem!

Você poderá amassar a manteiga com um garfo, ou com a palma da mão.

Retire a massa da geladeira, coloque na mesa levemente enfarinhada e abra com o rolo, formando um retângulo de 20cm X 30cm.


Espalhe a manteiga (toda a quantidade da receita, ou seja, 115g), com o auxílio de uma espátula, sobre 2/3 da massa, deixando uma bordinha sem manteiga em volta.


Dobre o terço superior sobre a manteiga.


Depois dobre o terço inferior, como se fosse uma carta. Aperte levemente as bordas, para selar e a manteiga não escapar.


Gire a massa em 90° em cima da mesa.


Abra novamente com o rolo, formando um retângulo de 20cm X 30cm.


Dobre novamente como se fosse uma carta.



Até aqui, você terá dado duas "voltas" na massa e terá criado 9 folhas de massa intercaladas com a manteiga.

Embrulhe a massa no saco plástico, deite-a na bandeja, e leve à geladeira por mais 2 horas.

Retire da geladeira e repita os 4 últimos passos 2 vezes. Agora você terá 81 folhas de massa intercaladas com manteiga.

Descanse mais uma vez, na geladeira, por 2 horas. Repita os últimos 4 passos mais 2 vezes e você terá 729 folhas de massa intercaladas com manteiga. Tá bom, né?

Deixe descansar mais duas horas na geladeira.

Agora, sim, é hora de cortar os croissants. A partir daqui eu já estava com a máquina a postos :o)

Retire a massa da geladeira e aguarde alguns minutos. 


Abra com o rolo até que ela fique com 0,5cm de espessura.


Corte em triângulos com o auxílio de um cortador de pizza.


Faça um pequeno corte na base do triângulo. Isso vai ajudar a dar a forma de meia lua ao croissant.


Enrole começando pela base e depois curve-os ligeiramente.

Arrume-os em um tabuleiro levemente untado ou forrado com papel manteiga culinário.


Cubra com um plástico e deixe descansar em temperatura ambiente (desde que não esteja muito calor), por aproximadamente 1 hora, ou até dobrar de volume.


Pré aqueça o forno em 220°C. Pincele ovo batido misturado com 1 colher de chá de água.



Asse por 15 a 20 minutos, até que estejam estufados e corados.


Passe os croissants para uma grade.


Faça bom proveito! Eu fiz, e muito!!


87 comments:

  1. your croissants look beautiful, golden and flaky! Delicious and the first photo is adorable! Congrats.. they look perfect!

    ReplyDelete
  2. Affe!!!! Vou linkar este seu post ao meu! Está perfeito!!!!!!

    ReplyDelete
  3. Minha amiga, acho que com dois lexotans e uma dose de uisque eu consigo fazer esses croissants...kkkk...brincadeira!

    Menina, ficaram perfeitos,vou guardar esse post pra um dia de total paciencia, porque eu quero muito, e necessito fazer esses croissants...um dia...rsss

    Parabéns!

    ReplyDelete
  4. Renata do céu! Que maravilha saíram os seus Croissants, deu água na boca aqui! Espero criar corajem para fazer os meus antes que o verão aqui chegue hehe
    O post ficou perfeito, parabéns! Tenho certeza que quando fizer, virei aqui pesquisar em seu blog :)
    Um beijoca flor, Queila

    ReplyDelete
  5. This might sound repetitive, but they really look perfect! Great post :)

    ReplyDelete
  6. Great job! They look so delicious!

    ReplyDelete
  7. WOW your croissants look Marvelous, so crispy and fluffy, congratulations!!!

    ReplyDelete
  8. Renata... vc anda se superando.... é delicia pura... mas o cuidado na apresentação... a forma delicada na explicação... bem legal.... sem onda alguma... vc ta mandando vê... beijocas... Rita De Lucena.

    ReplyDelete
  9. Lovely! What a great post! I loved this month's challenge.

    ReplyDelete
  10. Renata tes croissants sont superbes!! je suis en admiration devant ton travail très soigné!! merci pour les croquis qui expliquent très bien les différentes étapes!! grosses bises!

    ReplyDelete
  11. Oi, Re,

    Os seus croissants ficaram maravilhosos, parabéns!


    Beijoca!

    ReplyDelete
  12. Beautiful job, Renata, the unbaked croissants make such a picture, so even and bright :-) They look YUMMY!

    ReplyDelete
  13. Minha Nossa, estou aqui de boca aberta, pela receita maravilhosa e também pelo passo a passo tão bem explicadinho, não tem erro...certa vez tentei seguir uma receita mas ela me confundiu mais que me ajudou. Acho que desta vez vou acertar, depois te conto.
    Agradeço tão rica partilha!
    Parabéns!
    Bjuss!!!

    ReplyDelete
  14. What a beautiful blog you have!!! I just discovered your blog and am now a follower. I hope that you will visit my blog too. Thank you and Blessings, Catherine

    Beautiful croissants!!

    ReplyDelete
  15. Perfect croissants Renata, bravo!!

    ReplyDelete
  16. Nossa tia, o cheirinho dele chegou aqui em casa... deu vontade....

    ReplyDelete
  17. Fantastic! They look the best croissants I've ever seen :)

    ReplyDelete
  18. Não vejo a hora de fazer também... Imaginava que tivesse de fazer malabarismos, comprar a tal da manteiga para folhagem... Tua explicação é perfeita!!!

    Quando fizer, volto e comento, ok?

    =D

    ReplyDelete
    Replies
    1. Vou adorar receber notícias dos seus croissants!

      Delete
  19. Fiz a receita duas vezes já! A primeira ficou boa, meus pais gostaram muito, mas a segunda ficou ainda melhor! Mas não consegui que ele ficasse parecido com os seus da foto :(
    Parecem tão macios por dentro e crocantes por fora!
    Não sei se foi o forno, ou se não fiz as estapas corretamente, vou tentar de novo até acertar!

    ReplyDelete
  20. Oi ! Achei seu blog pelo post dos lindos croissants , me animei e fui tentar fazer .
    Mas para minha tristeza nao deu nada certo (T_T) ... os meus ficaram parecendo biscoitos . Que tristeza . Para mim de gosto ficou parecendo biscoito cream cracker com manteiga .
    O que pode ter dado errado ? Na hora de fazer a massa medi a quantidade de trigo e fui colocando , achei que era muito trigo e não coloquei tudo . Sempre faço pães e a massa fica mais mole do que ficou dessa vez , mesmo nao colocando a quantidade indicada na receita ainda achei que tinha sido muito .
    Na hora de deixar crescer esperei o tempo pedido e não chegou nem a dobrar de volume , cresceu um pouco apenas . Mesmo assim continuei . Não era o fermento pois na hora que misturou com a água ele espumou bastante e ficou bem leve .
    Continuei com todas as etapas e depois de enrolados esperei crescer e novamente não cresceram .
    A manteiga também não foi algo que me agradou , moro no Japão sua vizinha (rs) , e sempre ouvi falar que a manteiga daqui não era boa . Mas para fazer esses croissant me arrisquei a comprar e quando abri minha surpresa ao me deparar com um bloco branco que nem de longe lembrava a manteiga amarelinha do Brasil . Quando provei o gosto não me agradou muito , na verdade parecia a margarina do dia a dia , a margarina chegava a ser até mais gostosa .
    O seu blog é tão lindo cheio de receitas que estou querendo tentar , tudo com tantos detalhes primorosos que tenh ocerteza que fiz algo de errado e vou tentar fazer de novo esses croissants no próximo fim de semana .
    Quero acertar desta vez por isso gostaria de saber sua opinião o que será que saiu errado ? Realmente o trigo foi demais ? Eles chegaram a ficar folhados mas nada fofos . A manteiga será que pode ser substituida pela margarina ou não vai folhear?
    Desculpe tantas perguntas mas é que quando eu acho que a receita é boa não sossego até acertar .
    Morando longe do Brasil igual você me identifiquei com muitos pontos , o post do pastel ri muito quando vc falou que não tem como comprar massa pronta na Coreia , rsrs .
    De qualquer maneira quero parabeniza la por um blog tão bem feito .

    ReplyDelete
    Replies
    1. Olá Marcela,
      Primeiramente obrigada pela visita, pelo carinho e por prestigiar minha receita. Que chato que o croissant não tenha saído a contento. Pelo seu relato posso tirar algumas conclusões:

      Farinha: A farinha de trigo pode variar bastante de um local para outro no que diz respeito à sua qualidade, tipo, teor de umidade e capacidade de absorção de líquidos. Outro fator poderia ser a forma como se mede a farinha, por exemplo, se vc peneirar a farinha antes de medir, ela estará mais aerada e ocupará um volume maior; já, se vc apertar a farinha na xícara medida, ela ocupará menos espaço e terá mais peso por xícara; as xícaras medidas muitas vezes tem medidas padrão diferentes.... e por aí vai. Quando a medida de farinha de trigo precisa ser muito exata numa receita, a melhor forma de medi-la é por peso. Mas, no caso do pão, qualquer receita de pão, é colocada uma parte da farinha para formar uma massa bem úmida e depois disso, acrescenta-se o restante (ou parte dela, ou ainda farinha extra), aos poucos, sovando a massa até que ela fique macia e elástica.

      Manteiga: o ideal é que se use manteiga de verdade. Nunca sabemos o que contém os cremes industrializados que imitam manteiga, portanto isso pode também ter sido a causa do insucesso do seu croissant.

      Uma última observação é que depois de modelados, os croissants não aparentam crescer muito mesmo, pois uma grande parte de seu volume é de manteiga, mas certamente devem estufar no forno, formando o característico folhado deste tipo de massa.

      Conclusão, se vc estiver realmente disposta a tentar novamente, aconselho o uso de manteiga (aqui na Coréia, por exemplo, encontro as importadas, acredito que no Japão vc encontre tb). E quanto à farinha, vá adicionando aos poucos até que a massa esteja lisa e macia, mesmo que a quantidade seja bem inferior à da receita (a minha xícara medida é de 240ml)

      Espero ter esclarecido suas dúvidas, mas estarei à disposição caso precise de maiores esclarecimentos. Boa sorte, estou torcendo que vc volte aqui para me contar que deu certo :o)

      Delete
  21. Os meus croissants ficaram pesados e crus por dentro. Usei margarina industrial. Será q foi isso? Obrigada.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Olá Midori, nunca usei margarina industrial, portanto não sei se esta pode ter sido a causa. Forno muito forte pode ter corado seus croissants mais rápido e não ter dado tempo de assar por dentro.

      Delete
  22. Renata, posso rechear o croissant? Comprei recheados na padaria, e adorei, gostaria de saber se posso usar recheio, ou se altera a qualidade da massa.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Claro, pode rechear antes de enrolar.

      Delete
  23. Oi Renata posso rechear o croissant? E a manteiga pode ser caseira? Aquelas que são feitas em fazendas? Depois de pronta, quanto tempo dura a massa? Como posso guarda-la? Grata!!!

    ReplyDelete
    Replies
    1. A manteiga caseira só vai fazer seu croissant ficar melhor ainda!! Não sei precisar a durabilidade da massa, mas certamente uns dois dias na geladeira (crua) ou, depois de assados, na minha opinião a melhor forma de conservá-los é congelando.

      Delete
  24. Boa tarde!!! Só passei aqui pra falar que eu AMO sua receita de croissant! Já fiz duas vezes e ainda tive que fazer dupla na segunda vez de tanto que gostamos na minha casa! MARAVILHOSA! e super facil de fazer... só um pouco demorada, mas daí que é bom! E aproveitando, tbem fiz o seu sufle de cebola na cebola e ficou muito bom mesmo! meu pai comeu sem parar!! Obrigada por tudo isso !

    ReplyDelete
  25. Boa tarde!!! Só passei aqui pra dizer que amei sua receita! Fiz duas vezes, duplicando na segunda pra dar pra todo mundo! MARAVILHOSA! E ainda fiz a receita de sufle de cebola na cebola.... Divina! Agora estou louca pelos macarrons! Já tentei várias vezes mas nunca ficam bonitos... vou tentar de novo com as últimas dicas!! Obrigada por tudo!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Olá Liz, obrigada por prestigiar minhas receitas, fico feliz que tenha gostado! Eu é que agradeço pela confiança e pelo carinho :o)

      Delete
  26. precisei absurdamente comentar seu post:

    10 MIL OBRIGADOS ;-;

    eu NUNCA achava uma receita boa de croissant REALMENTE folhado, sem porcaria de recheio e complexo =). Nao como isso há anos

    MUITO obrigado mesmo.

    ReplyDelete
  27. Sou a pessoa dos 10 mil obrigados

    Não resisti e comecei sua receita no mesmo dia que achei, acabei no dia seguinte.

    Meus croasaints ficaram quase otimos, mas eu desconfio que depois q abri e enrolei, na descançada final, eles quase não cresceram.

    Desconfio que eu deixei crescer muito na primeira pausa inicial, a que triplica o volume.

    Vou tentar devolta mas queria sua opnião, pra saber se o meu raciocínio foi lógico. ^^

    Outra coisa é que acho q errei 1 pouco o ponto da massa, pq tive a impressão que eles ficaram 1 pouco achatados. Acho que deixei meio mole demais. Mas também não tenho certeza disso e gostaria de saber se vc acha q é possível o achatamento ser da massa mole.

    e devolta 10 mil obrigados .-. . Eles não ficaram, ainda, perfeitos do jeito que eu queria mas faz tanto tempo que eu não comia croissants assim bem folhados e com boa quantia de manteiga de verdade que nem ligo pros problemas da minha primeira tentativa.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Olá,
      Obrigada por prestigiar a minha receita.
      Depois de modelados, os croissants não aparentam crescer muito mesmo. Isso se deve à grande quantidade de manteiga que é usada para folhar a massa. Em compensação, ao assarem, a água contida na manteiga vira vapor e "incha" as camadas formadas pela folhagem.
      Quanto à ele ter ficado um pouco achatado, é possível sim que a massa tenha ficado macia demais, mas não posso te asseguar disso. O calor também é um fator que não ajuda muito as massas folhadas (não sei se este é o seu caso), portanto, procure trabalhar sempre com a massa bem geladinha.

      Delete
  28. Tentei fazer um, usei margarina, mas durante as dobras, a massa estourou e não consegui "remediar". Vamos tentar de novo! (desta vez com manteiga!)

    ReplyDelete
  29. Olà Renata,
    me chamo Maira, e achei lindo; realmente fiquei com muita vontade de testà-los... Mas antes, serà que você poderia me esclarecer uma duvida? Nas partes de 'repita as operações, 4 ultimas operações' não entendi sò se a gente deveria reabrir e 'terciar' a massa..., ou se nòs devemos repetir a parte da manteiga também, ou seja, devemos colocar a manteiga sò uma vez ou três??
    Agradeço demais (de jà !)
    E tudo de bom !

    ReplyDelete
    Replies
    1. Olá Maira, obrigada pelo comentário tão gentil :)
      A repetição dos últimos 4 passos não envolve passar manteiga novamente. A manteiga é toda utilizada numa única vez.
      Espero que seus croissants fiquem maravilhosos! Vou adorar se me contar o resultado!
      bjsss

      Delete
  30. Renata, é minha primeira vez na cozinha. Nunca fiz nem um bolo de massa pronta haha, coisa de solteiro sem habilidade.
    Não sei se comecei com algo difícil demais, mas esta na ultima etapa na geladeira, antes de cortar. Queria saber se é normal a massa ficar com "estrias" e vazando manteiga quando passa o rolo, ai fica uma meleca, eu limpo e tento fechar as aberturas e passo pro próximo passo. Está sendo uma aventura pra mim.
    Obrigado pela receita!
    Beijos

    ReplyDelete
    Replies
    1. Olá J. Jordão,
      Gosto dessa determinação de iniciante já começar na cozinha com croissant :) Vc vai longe, hien! rsrs
      Se as estrias que vc se refere são aquelas que aparecem ao cortar a massa, sim, são uma caracteristica da massa folhada. Já a manteiga vazando é indício de massa e manteiga não suficientemente geladas. A massa folhada deve ser trabalhada, sempre, com massa e manteiga geladas. O nosso clima quente de verão não é a época mais propícia para fazer croissants, mas é totalmente possível desde que o manuseio da massa seja rápido e os intervalos na geladeira mais longos. Depois me conta como ficaram!

      Delete
  31. Olá Renata!

    Gostaria de saber se essa receita pode ser congelada, e se sim, em qual passo eu poderia fazer isso!

    Grata

    ReplyDelete
    Replies
    1. Olá Débora,
      Quando quero cccongelar croissants, asso eles até ficarem somente levemente corados. Deixo esfriar em uma grade e embalo em sacos plásticos ou recipientes herméticos e congelo. Para descongelar, levo-os ao forno moderado onde irão decongelar e terminar de corar. Ficam ótimos!

      Delete
  32. Oi Renata, tudo bem?
    Gostaria de saber se podemos substituir as 2 horas na geladeira por alguns minutos no freezer, para agilizar a receita.
    Obrigada

    ReplyDelete
    Replies
    1. Oi Luciana,
      Infelizmente essa não seria uma boa prática, já que a temperatura exterior da massa cairia muito rápido e não daria tempo de gelar a massa por dentro. O croissant é mesmo um teste à paciencia rsrs

      Delete
  33. PARECE QUE ESTÃO MACIOS E GOSTOSOS. NO ENTANTO , EU JÁ PREPAREI A MASSA, DEI UM TOQUE A MAIS NOS INGREDIENTES. TRABALHO COM MASSAS FOLHADAS DE PRIMEIRA QUALIDADES. PELA FOTOGRAFIA O TEU CROISSANT TA UMA DELÍCIA. LOGO MAIS ESTAREI APRECIANDO A RECEITA QUE VC NOS MOSTROU E MAIS A MINHA QUE FIZ UMA PEQUENA AUTERAÇÃO. VALEU PELA RECEITA,POIS HÁ MUITO ESTAVA ATRÁS DESA RECEITA. OBRIGADA !

    ReplyDelete
  34. ADOREI TUA RECEITA, PORÉM FIZ OUTRA MASSA COM UMA PEQUENA AUTERAÇÃO,QUE FICOU UMA DELÍCIA. TRABALHO COM MASSAS FOLHADAS , DOCES E SALGADOS. MARLYCE OLIVEIRA DA SILVA

    ReplyDelete
  35. LINDA EU TRABALHO COM MASSAS E ADORO QUANDO ENCONTRO MASSAS FEITAS COM DELICADEZA. A TUA FICOU UMA DELÍCIA

    ReplyDelete
  36. Eu fiz!!!! E ficaram perfeitos!!!! Só acho q fiz muito pequenos..... Mas ficaram maravilhosos!!!! Deu muito trabalho, terminei mais de meia noite!!!! Mas valeu a pena...

    ReplyDelete
  37. Quanto é 1 3/4 de xicara de farinhas em gramas ?

    ReplyDelete
    Replies
    1. Olá Nádia,
      Uso xícaras com 240ml de capacidade e o peso da farinha contida em 1 e 3/4 de xícara é de 225g.

      Delete
  38. Não sei onde foi que eu errei. Meus croissants ficaram duros como rosca.

    ReplyDelete
  39. Bem, acho que alguma coisa saiu errada. Usei as medidas e os ingredientes da receita, mas a primeira massa não cresceu. apenas criou bolhas de ar dentro da massa. Continuei assim mesmo seguindo até o fim. esperava que a massa crescesse depois que o croissant fosse colocado na bandeja, mas não aconteceu. Minha última esperança foi ao assar, mas os croissants ficaram pequenos e duros como rosca. Vou tentar novamente, mas o que pode ter acontecido? Depois de comer croissants em Buenos Aires e Paris, fiquei frustrado com os meus. Agradeço pela aventura.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Está me parecendo problema com o fermento. Na primeira etapa, onde o fermento é dissolvido, ele deve apresentar atividade, ou seja, deve espumar. A temperatura da água deve ser morna, já que altas temperaturas matam o fermento.

      Delete
    2. Segui rigorosamente a temperatura da água e do leite, usei até um termômetro. O fermento é novo e espumou como previsto. Como disse, vou substituir o trigo e o fermento para ver o que acontece. Agradeço.

      Delete
  40. Olá Renata,

    Encontrei o seu blog enquanto pesquisava receitas e técnicas de croissant e fiquei muito impressionada com os seus!! Já faz um tempinho que venho tentando fazer croissants sem grande sucesso. Os primeiros apesar de ficarem gostosos ficaram deformados ( deformaram enquando assavam) nem pareciam croissants. Os últimos a manteiga (uso a própria para folhar da Vigor) não incorporou na massa, saiu toda pra fora e a massa rasgou, desconfio que não sovei o suficiente. Você tem alguma idéia do que possa estar acontecendo com a minha massa? Alguma dica? Essa foi sua primeira tentativa? Parabéns pelo blog e pelos croissants e agradeço desde já pela ajuda.

    Daiane.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Oi Daiane,
      Obrigada pela mensagem e pelo carinho. É um pouco difícil fazer esse diagnóstico, até porque nunca usei essas misturas próprias para folhar, sempre uso manteiga de verdade. Se você ler com atenção o texto acima, vai ver que deixo várias dicas como, por exemplo, trabalhar com massa e manteiga sempre gelados, evitar fazer croissants em dias quentes, deixar a massa descansar dentro da geladeira, etc. Esta não foi minha primeira vez fazendo croissants, mas foi a primeira vez com esta receita em particular, que foi a que obtive melhor resultado. Não desista, a prática vai te recompensar :o)

      Delete
    2. Oi Renata,

      Muito obrigada pela sua resposta. Fiz novamente os croissants utilizando a sua receita e não é que deu certo!!! Achei que eles cresceram pouco se comparado com outros que já fiz, mas ficaram muito saborosos. Utilizei a mesma manteiga própria para folhar que usei nas outras receitas mas da próxima vez vou fazer com a comum para ver a diferença. Já fiquei fã do seu blog. Obrigada por compartilhar tantas coisas lindas e gostosas com agente, estarei sempre acompanhando.

      Delete
    3. Oi Daiane, obrigada por contar seu resultado! Que legal que deu certo! Fiquei feliz em saber!
      Bjsss

      Delete
  41. Olá..ameii a receita..mas apanhei na manteiga. Por mais que eu "batesse" nela para poder passar na massa...ela ficava em pedaços e nada lisinha e maleavel...e qd eu tentava pressionar na massa, ela furava ou grudava...alguma dica boa pra isso? Obrigada.... :)

    ReplyDelete
    Replies
    1. Olá Nanda,
      Embora a manteiga tenha que estar gelada, talvez a sua estivesse gelada demais, ou a qualidade da manteiga pode ser um fator determinante aqui. Tentou amassar com um garfo? Como último recurso, você pode tentar ralar a manteiga no ralo grosso do ralador e depois juntá-la novamente como se fosse uma massa (mas deve fazer isso rápido, pois o calor das mãos pode derreter a manteiga. Espero ter ajudado.
      Boa sorte!

      Delete
  42. Eu amo croissant, vou fazer essa receita no final de semana.
    Abraços

    www.receitasselecionadas.com

    ReplyDelete
  43. Então... Estou de volta depois de duas tentativas com esta receita e na quinta com outras. Encontrei dezenas de receitas, nenhuma igual a outra. Umas não levam leite, só água, outras leite em pó, ovos enfim, mas o resultado foram ruim em todos os testes. A massa não ficou fina, leve e adocicada como os croissants servidos nos hoteis franceses e argentinos. Tentei uma receita argentina de medialunas e também não deu certo. Estou tentando entender por que os meus estão ficando tão ruins. Os croissants ficam ressecados, duros, pesados e com um gosto indefinido entre doce, salgado e azedo. Fiquei pensando se a massa deveria ser mais sovada para ficar mais fina e elástica. Não sei, mas não vou desistir.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Desculpe, Luiz, não sei dizer onde pode estar dando errado, infelizmente.

      Delete
  44. Olá gostaria de saber como medir 1¾. Sff
    Obrigado, Pedro Barbosa

    ReplyDelete
    Replies
    1. Uso xícaras medida conforme abaixo:
      1 xícara = 240ml
      1/2 xícara = 120 ml
      1/4 de xícara = 60 ml

      1 3/4 = 420ml

      Delete
  45. Muito bom seu blog, vou tentar fazer agora, mas vou colocar recheio de queijo e outros com pedaços de chocolate, será que vai dar certo? Depois volto para dizer se deu certo.

    Obrigada, por partilhar essa receita

    ReplyDelete
    Replies
    1. Obrigada!
      Dá certo sim, e recheados ficam deliciosos!
      Vou adorar saber como se saiu!
      Boa sorte!

      Delete
  46. Olá Renata vc nw usa margarina na massa? Obrigada

    ReplyDelete
    Replies
    1. Olá,
      A massa realmente não leva gordura. A gordura da receita vai toda para folhar. Uso manteiga, não margarina.

      Delete
  47. Oi Renata! Preciso de uma ajuda. Já fiz umas 2 vezes a receita, deu QUASE certo. Acho que estou errando na parte das etapas. Não sei se entendi errado, me corrige se estiver errada. Após fazer a massa, colocar na geladeira e abrir para passar a manteiga, colocamos a manteiga toda nesse momento ou cada vez que tirarmos da geladeira, abre-se a massa, passa a manteiga, dobra em carta, abre de novo, e dobra em carta? Por favor, me informa esses passos direitinho, fiz hoje de novo e a massa esta na geladeira. Ate o momento eu abri a massa, coloquei um pouco de manteiga, dobrei, abri de novo e dobrei. Coloquei na geladeira por 2hr e repeti o mesmo procedimento acima(abri, passei a manteiga, fechei, abri e fechei). Me corrige pra ver se ainda da tempo de salvar algo ou me fala se é esse mesmo o procedimento. Obrigada!!!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Olá!
      Embora exista receitas de croissant onde a manteiga é dividida e colocada aos poucos a cada dobra, nesta receita a manteiga vai toda de uma vez só. Não esqueça que ambos (massa e manteiga devem ter temperaturas e texturas semelhantes).
      Vou acrescentar uma observação na receita para que não fique dúvida.
      Obrigada pela mensagem :o)

      Delete
  48. Eu amei a receita!! Eu fiz e adorei o resultado! Só não tenho a sua habilidade para moldar os croissants, mas acho que da próxima vez eles ficam mais bonitinhos. O que importa é que ficaram uma delícia, sequinho e bem folhado! Parabéns! Eu fiz um post no meu blog e coloquei o link para sua receita. Obrigada!

    ReplyDelete
  49. pode se usar gordura vegetal como manteiga?

    ReplyDelete
    Replies
    1. Olá Bruna,
      Eu não uso gordura vegetal, portanto não sei dizer o resultado, mas certamente o sabor não será o mesmo.

      Delete
  50. Aqui estou de volta para revelar o segredo que me afastava do croissant perfeito. Considerem-se privilegiados, pois gastei muita farinha para descobrir. Testei várias receitas, francesas, argentinas, com ovos, com leite em pó, com mel, enfim, nenhuma deu certo. Daí desconfiei que o problema era o forno do meu fogão e cheguei a postar aqui que iria comprar um forno profissional compacto, mas resolvi insistir mais até que vi em um vídeo saírem croissants macios de um forno caseiro. Então se não é o forno e nem a receita, onde está o problema? ... Na massa! Isso mesmo! Ela tem que ser sovada na batedeira planetária por pelo menos 10 minutos. Só assim você terá uma massa lisa e elástica. O resultado será um pão levinho e fofinho iguaizinhos aos da padaria, muito diferente dos pães caseiros sovados à mão. Outra dica importante é o uso de "melhorador de massa", que se encontra em lojas especializadas e alguns supermercados, já que a farinha brasileira tem pouca proteína e vitamina, o que não favorece a formação de glúten. Mais uma dica é usar manteiga ou margarina de tablete para folhear, pois elas tem a consistência mais firme do que as de recipiente plástico.
    Bem, esse é o princípio de tudo e pode dar certo com esta receita ou qualquer outra que você queira experimentar. Boa sorte!

    ReplyDelete
  51. Parabéns pela excelente receita. Fizemos ontem e os poucos que sobraram, aquecemos no forninho e ficaram como se tivessem saído do forno naquele instante.
    Paulo.
    Nosso blog é: um amor bem temperado

    ReplyDelete
  52. Olá Renata, minha massa na hora de fazer os croissants, ficou mole e grudenta, o que será que fiz de errado ? Eu a coloquei gelada conforme sua receita. Me ajuda, queria que tivessem ficados saborosos, mas ficaram com gosto de massa de pão, pois tive que polvilhar farinha para moldá-los.

    ReplyDelete
  53. Olá Renata, minha massa ficou grudenta na hora de moldar os croissants, o que será que fiz de errado ? Sendo que coloquei a manteiga gelada na massa, e estava um dia chuvoso, bem fresquinho. Me ajudaaa...rsrsrsrs...obrigada

    ReplyDelete
    Replies
    1. Olá Mel,
      Mesmo que o dia esteja fresquinho, é necessário que a massa esteja bem gelada na hora de modelar os croissants. O ideal é que trabalhe a massa aos poucos, deixando o restante na geladeira enquanto trabalha cada porção. Experimente fazer a massa em um dia e modelar no dia seguinte. Se a massa passar a noite na geladeira vai ficarr ótima para modelar e ainda vai deixá-los mais saborosos ainda :o)

      Delete
  54. Que lindos! Gostaria de tentar fazer algum dia, mas não queria tantos (20 ali na foto, acredito eu), então pra fazer 10 só precisaria reduzir os ingredientes pela metade? a pergunta me parece bem óbvia, mas nunca se sabe, né :P

    ReplyDelete
    Replies
    1. Olá Isadora,
      Essa receita já é bem pequena, não se impressione com os 20 croissants, são pequenos :o)
      Apesar de tudo, claro que vc pode fazer a metade, mas se nào quiser trabalhar com quantidades tão pequenas, minha sugestão é que congele os croissants já assados, ficam ótimos quando esquentados no forno, voltam a ficar crocantes e deliciosos. A receita, por demandar tempo em seu preparo, vale a pena fazer a mais e congelar.

      Delete
  55. Achei ótima a receita do croissant. Fiz pela 1ª vez e já deu certo, mesmo tendo a massa ficado muito amanteigada ao final, dificultando a manipulação, fato que credito à minha falta de prática (nunca fiz nada na cozinha). No entanto, ficou folheada direitinho e muito saborosa. Parabéns, pois a sua explicação da receita foi a melhor de todas as que eu vi. Farei outras vezes e tenho certeza de que sairão ainda melhores.

    ReplyDelete
  56. Olá Bom dia! Eu sou de Portugal e já há algum tempo que tinha andado à procura de uma receita de croissants tipo francês mas nunca nenhuma me agradava! Ontem levei o dia todo e experimentei a sua receita! https://www.facebook.com/terapiadacozinha.lisboa/posts/833558986689543?notif_t=like deixo aqui a foto deles. Não ficaram tão folhados talvez porque eu fiz apenas 6 croissants com a massa para ficarem maiores. Mas provei um pequenino com o resto da massa e estava delicioso. A minha questão é a seguinte: se eu em vez de colocar a massa 2h no frigorífico colocar apenas 1h será que há diferença? Eu vou colocar a massa a amassar um pouco na máquina do pão em vez de ser eu porque acho que ela ficou um pouco rija no início, e custava um pouco para abrir com o rolo. Mas parabéns pelo seu resultado! Deviam estar maravilhosos! :D

    ReplyDelete
    Replies
    1. Olá Mena,
      Já fui conferir seus croissants, ficaram lindos! Hmmm.... fiquei com vontade de fazer denovo :o).
      O descanso de duas horas na geladeira garantirá que toda a massa esteja bem geladinha e não somente as camadas mais externas. Se o clima na sua região estiver frio talvez seja possível diminuir esse tempo, mas se estiver quente, aconselho deixar as duas horas mesmo.
      Parabéns pelos lindos croissants e obrigada por compartilhar seus resultados!
      Bjsss

      Delete

Devido ao grande número de mensagens de "spam", Testado, Provado & Aprovado não aceita mais comentários anônimos. Desculpem o transtorno.

Due to the large number of spam messages, Testado, Provado & Aprovado no longer accepts anonymous comments. Sorry for the inconvenience.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...